março - 14 - 2013 | 4 comentários

Oi gente! Sei que ando sumida, é de propósito rsrsrs… Estou vivendo um “período sabático” da doença e de tudo relacionado a ela. Por isso, aqui vai mais um texto do Marcelo!!! Ele me salva de novo rsrsrsr….

“Acredito que a maioria das pessoas alguma vez já se questionou: “Por que isso tinha que acontecer comigo?”

O motivo para a pergunta pode acontecer por inúmeras razões: pode ser poque perdemos algo, por problemas de saúde, um acidente… enfim, os motivos são vários. E a dúvida geralmente vem acompanhada de um ar de tristeza, indignação ou simples curiosidade. Acho que todos nós gostaríamos de ter respostas mas, infelizmente, vamos ter no máximo alguns sinais.

Por algumas vezes, durante o tratamento da Helô, eu fiz esta perguntas. No meu caso, eu queria entender qual era a minha missão diante de tudo que estava acontecendo, quais eram as lições que eu deveria tirar daquilo tudo. O fato é que irão acontecer inúmeras coisas “incompreensíveis” em nossas vidas e é aí que entra o “confiar em Deus”

Confiar em Deus, para mim, é acreditar que por mais que pareça injusto, fomos escolhidos para viver aquele momento. Aquela é a nossa missão. Devemos dar o nosso máximo, pedir por orientação, por força… mas devemos também confiar e aceitar!

Todos temos uma missão, mas temos dificuldade  para entendê-la. Dificilmente conseguimos ver a vida na amplitude correta; geralmente somos imediatistas e julgamos dentro da nossa perspectiva de certo e errado. Se tivermos a total confiança não vamos questionar, nos indignar e sofrer tanto com o que nos acontece, mas sim aceitar. Quando atingimos este nível de confiança, vivemos mais felizes e conformados com os desafios que enfrentamos.

Acho que uma maneira interessante de ver os obstáculos  que vivemos é lembrar que as vezes “puxamos a orelha de quem mais amamos” e fazemos isso para o bem desta pessoa. Mesmo com muita dor, fazemos porque temos a certeza que aquilo será muito bom no futuro.

Que tal começar a viver  com mais aceitação e fazer dos momentos difíceis momentos de desenvolvimento?  Que tal estender a mão para as pessoas que estão precisando, como uma missão? Quem sabe poderemos ajudar outras pessoas a terem uma nova visão dos obstáculos da vida…”

Marcelo Albertotti

4 Comentários até agora.

  1. CECILIA COCH disse:

    Muito bom!! Vamos fazer dos momentos difíceis momentos de desenvolvimento, gostei!! 🙂

  2. Claudia M. disse:

    Ótimos posts. Me identifico muito com eles devido à situação que estou passando com minha família. Parabéns e continuem com essa positividade e amor pela vida!
    Beijos

  3. Leila Chacon disse:

    Olá!! Tanto vc Helõ como o Marcelo tem mensagens que vão direto ao coração. Parabéns a este lindo casal.Bjs

  4. SUSI disse:

    OLÁ HELO VC TEM MUITA SORTE VIU POR TER UMA PESSOA TÃO ILUMINADA E ABENÇOADA QUE CUIDA DE VC COM TANTO AMOR E CARINHO,SAIBA QUE NÃO SÃO TODAS AS MULHERES E PESSOAS QUE PODEM CONTAR COM UM APOIO DESSE PRINCIPALMENTE QUANDO ENFRENTAM QUALQUER TIPO DE CANCER,EU SOU UMA DELAS,ENFRENTO O MEU APENAS COM O AMOR DAS MINHAS FILHAS E É NISSO QUE ME APEGO.PARABÉNS,MUITA SORTE SAUDDE E FELCIDADE OK.BJ