dezembro - 31 - 2015 | comente

O fim do ano chegou!!! Mais uma vez, aquelas reflexões de sempre… O que aconteceu de bom, o que aconteceu de não tão bom, o que gostaríamos que fosse diferente no próximo ano… e aí colocamos metas! E normalmente, quando olhamos para as metas que nos colocamos no ano passado, sentimos uma enorme frustração, não é? Muitas vezes não conseguimos realizar nem a metade. Aqui vai uma lista de 15 coisas que eu refleti em 2015 e quero compartilhar com vocês, incluindo algumas metas:

  1. Ao invés de se colocar metas como “praticar mais exercícios”, foque na atitude que você precisa ter para que isso aconteça. Exemplo: “ter disciplina para seguir meu plano de exercícios” (o que inclui planejar e ser disciplinado). Ao invés de “emagrecer”, coloque “focar na minha saúde e na qualidade dos alimentos que coloco na boca” ou “encontrar formas alternativas de reduzir minha ansiedade e estresse que não seja comer” (como: passar um creme nos pés e se presentear com uma auto-massagem, se maquiar só pelo gostinho de se ver mais bonita, tomar um bom banho e aproveitar para fazer uma hidratação no cabelo, dar um abraço bem demorado em alguém que você ama… qualquer coisa que não seja comer e que te faça feliz!)
  2. Não queira ter controle sobre tudo. Você nunca terá e isso vai sempre acabar te frustrando. Aprenda a desapegar do que VOCÊ acha certo e quer NA HORA que  você quer e confie no poder de Deus (ou do Universo, se preferir assim).
  3. Ao invés de reclamar das coisas, pense no que você pode fazer para mudá-las. Se não puder fazer nada, tente conversar ao invés de reclamar: você pode fazer isso mudando o tom e as palavras que usa. Faz toda diferença!
  4. Respire!
  5. Saiba que algumas vezes (ou muitas!!!) as melhores coisas da vida acontecem sem planejamento. Planeje sim, é importante. Mas não fique neurótico se alguma coisa sair da cartilha.
  6. Escolha a dedo e com carinho as pessoas que você quer que estejam ao seu lado sempre. E, principalmente, as que não quer.
  7. Aprenda a dizer não para o que te estressa. Isso inclui suas próprias atitudes. Relaxe!
  8. Você não pode escolher se vai ou não ter desafios na vida, todos temos. Mas você pode escolher como lidar com eles.
  9. Antes de ter uma crise de irritação porque alguma coisa está fora do planejado, pense: vale a pena? Vale a pena se estressar com isso? Exemplo: sua internet está com problema. Você liga para reclamar e fica 30 minutos na linha esperando. Algumas pessoas usam esses 30 minutos para ter crises de nervos. Vale a pena? Reivindique seus direitos, mas escolha o tanto de estresse que quer colocar na experiência. Isso depende de você.
  10. Saiba que nem tudo depende de você, e esteja ok com isso. Quase tudo que você lê e ouve hoje em dia bate nessa tecla: depende de você, você que faz, você que atrai. Mas eu digo: nem sempre. Se você é assaltado na rua ou tem um câncer a culpa é sua? Não, não acho. Mas vale sim se perguntar nessas ocasiões se você pode fazer alguma coisa de diferente na sua vida para ser mais feliz. Esses momentos são preciosos para o nosso crescimento.
  11. Pare de se criticar tanto. Pense em você como uma obra de arte em construção: às vezes o artista perde a inspiração, às vezes erra e precisa refazer, às vezes tem dúvidas sobre a utilidade ou beleza do que está fazendo… Mas é uma obra de arte! Tenha paciência com você mesmo e se trate com carinho, você merece – todos merecemos! Trate a si mesmo da forma que gostaria que os outros te tratassem: com amor, respeito, admiração.
  12. Faça mais o que te faz feliz. Pode ser uma corrida, uma caminhada, yoga, meditação, falar com um amigo no telefone, cozinhar, ver TV, abraçar seus filhos, seu marido… Muitas vezes são coisas tão simples, pequenas, fáceis de fazer… Mas acabamos nos atolando com outras coisas mais “urgentes” e esquecendo esses pequenos prazeres tão necessários. Pode ser só por 10 minutinhos, mas não esqueça!
  13. Evite falar mal dos outros e fazer fofocas. Isso só te faz mal e te diminui, piora a energia à sua volta. Deixe sua aura brilhar!
  14. Agradeça todos os dias por qualquer coisa, ou por tudo! Todo mundo tem coisas para ser agradecido e quanto mais você agradece mais coisas aparecem para agradecer. Tenha certeza disso!
  15. Sorria! Sorria, sorria, sorria. Ao acordar, antes de dormir, o dia inteiro! Saiba que o sorriso é a roupa mais linda que podemos vestir, ele sempre nos deixa mais bonitos, mais atraentes, melhora a pele, muda a sua aura e a energia de todos à sua volta. Pensando bem, sorrir pode ser visto como um ato de doação, de amor ao próximo, de caridade… o ato mais simples e fácil de todos e é de graça! Você pode mudar o dia de alguém sorrindo. Isso é lindo! E quando você estiver se sentindo triste ou chateado, respire fundo e experimente dar um sorriso. Nem que seja a última coisa no mundo que você quer fazer. Experimente sorrir por um minuto e sinta o que acontece, só sinta. Depois me conta 😉

Que 2016 seja maravilhoso e que você seja maravilhoso em 2016! O mundo precisa de você 😉

Um super beijo com muito carinho,

Helô